Destaque

KIQ USA REDES SOCIAIS PARA OUVIR POPULAÇÃO: DIRECIONAMENTO DE RECURSOS

O prefeito de Paranavaí, Delegado KIQ, começou, salvo engano, ontem em sua página no Facebook, a ouvir a população sobre o direcionamento de recursos públicos. Na postagem, o prefeito pede que sejam listadas três obras ou ações importantes para a cidade. Na tarde desta terça-feira, mais de 130 postagens tinham sido feitas, uma parcela significativa das pessoas escolheu investimentos na área de saúde, tais como rapidez na distribuição de consultas, maior oferta na área de especialidades e até melhora no atendimento. A abertura de mais vagas em creches também registra um bom número de defensores. Salvo engano, a intenção do prefeito KIQ é direcionar os recursos para ações públicas que tenham respaldo popular, mas nas propostas o que se vê são cidadãos preocupados mais em verem seus problemas particulares ao invés de apresentarem propostas coletivas. Algumas exceções tratam de temas relacionados à mobilidade urbana, tais como a instalação de semáforos inteligentes, a construção de ciclovias e até a melhora no videomonitoramento.
Mesmo não mais morando em Paranavaí, deixei o meu pitaco: Mais vagas nas creches, mais consultas de especialidades e rapidez no atendimento nas UBSs parecem ser um clamor comum nesses comentários, mas prefiro sugerir, já que é uma proposta de ação pública, na prevenção. Para tanto defendo a construção de centros esportivos, que atendam de crianças a idosos, com a presença de uma equipe multidisciplinar. Estaremos assim proporcionando a chance de uma população mais saudável e consequentemente menos doente. Os centros seriam instalados em bairros de grande concentração de pessoas e poderiam, ao longo do tempo, ir agregando outros serviços da administração pública municipal. A proposta não é simples, muito menos barata, mas tem o foco no bem estar futuro da população.

Anúncios
Destaque

MOMENTO DE EXPECTATIVA

Encarado com euforia para alguns e com ceticismo para outros por outros, o Governo de Jair Bolsonaro tem muito trabalho pela frente. A consolidação de reformas estruturais tão necessária para que o país tenha chance de retomar o caminho do crescimento promete ser o primeiro grande desafio da atual gestão. Principalmente pelo aspecto de que não depende apenas da vontade da nova equipe, mas do voto de deputados federais e senadores. As mudanças na Previdência, por exemplo, são mais do que esperadas e envolvem grupos econômicos acostumados a terem privilégios em detrimento da maioria da população brasileira. O discurso inicial de que todos devem dar sua cota de sacrifício encontra guarida na maioria das categoriais profissionais, mas não se pode esquecer do poder já demonstrado por grupos de privilegiados. A começar pela classe política brasileira, que tem se mostrado avessa a alterações que lhe tirem direitos. Se dependemos dos políticos com mandato para que distorções de tratamento na hora de se aposentar sejam corrigidas temos um impasse. E fica a pergunta: vão eles atirarem no próprio pé, mesmo que seja esta a vontade dos que os elegeram? Desculpem a desconfiança natural e necessária de um jornalista, mas duvido!

Destaque

RECOMEÇANDO

Ano novo, blog novo. O nome continua o mesmo, mas a forma de acessá-lo mudou e a maneira de encarar a elaboração de um espaço de informação e opinião tem o ingrediente de 28 anos dedicados ao jornalismo. Agora a partir de Cianorte, sem esquecer de Paranavaí onde vivi por mais de 25 anos. Não tenho a pretensão da unanimidade, apenas o desejo de ver respeitado o meu direito de ter opinião sobre assuntos de diferentes matizes. Reconheço que em tempos de acirramento de ânimos na internet, principalmente quando o assunto é política, a tarefa de tratar do assunto não deixa de ser um desafio e uma tarefa que pode se tornar árdua. Que fique claro: posso não concordar com a sua opinião, mas defenderei com unhas, dentes e argumentos o seu direito de expô-la. Me desejem sorte, vou precisar.

COM DESCULPA ESFARRAPADA, MORAES SUSPENDE CENSURA

Depois de uma pressão sem precedentes nos últimos anos oriunda dos mais diversos setores da sociedade brasileira, o ministro do STF, Alexandre de Moraes, decidiu na noite de quinta-feira suspender a censura à reportagem dos sites O Antagonista e Revista Crusoé. Cara de pau de dar dó, Moraes apresentou um arrazoado sobre a necessidade da liberdade de expressão, que ele ignorou de forma arrogante e autoritária na hora de determinar a retirada da matéria das redes sociais, para finalmente dizer que o documento apresentado pela reportagem realmente existe, determinando assim o fim da censura. O inquérito de caça às bruxas a quem critica o STF continua, sem determinar seus limites e criado de forma unilateral, como nunca fora feito pelo Judiciário nacional.

KIQ FARÁ LIVE PARA ORIENTAR SOBRE TARIFA DE ÁGUA

O decreto do prefeito de Paranavaí, Delegado KIQ, que proíbe o aumento da tarifa de água anunciado pela Sanepar acima do índice da inflação promete gerar muita polêmica. À RPC, a Sanepar informou que o

aumento vale para todos os municípios que atende, incluindo Paranavaí. Já o prefeito KIQ anuncia que na manhã (8h30) de segunda-feira irá promover mais uma live para explicar o que a população deve fazer. Uma possibilidade é a de que sugira aos consumidores que depositem em juízo o valor da tarifa de água apenas com a inflação do período.

LORENZETTI CHAMA DECRETO DE “AVENTURA”

O ex-prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, fez o seguinte comentário numa reportagem que tratava do decreto do prefeito Delegado KIQ que barra aumento da Sanepar:
Quanto a minha participação, ela se deu durante o meu mandato, quando percebemos dificuldades no abastecimento e cobramos da concessionária investimentos e planejamento para o futuro. De lá para cá poços artesianos (que estavam desativados) foram reativados e feitos novos investimentos visando adequar a oferta de água. Entre estas ações (cuja motivação foi a minha cobrança), foi feito um estudo para ampliação da captação de água, a ser feita no ribeirão Caiuá, cujo manancial garante o abastecimento neste século. As normativas legais (tornando a futura área de captação em Área de Proteção Ambiental) foram efetivadas e a renovação do contrato (cujo estudo foi iniciado há época (sic)) continha esta condição (que demanda vultosos investimentos por parte da concessionária). Resumindo, falar em trocar a concessionária não garante tarifas menores para a população, ao contrário, pode elevar a mesma. Mas, retornando ao início deste texto, vamos aguardar o que mais esta aventura poderá resultar (na minha opinião já tem muitas outras que não serão efetivadas).

BOLSONARO RESSALTA IMPORTÂNCIA DA IMPRENSA

O episódio da censura dos sites O Antagonista e Revista Crusoé serviu para que o presidente da República, Jair Bolsonaro saísse em defesa da imprensa e da liberdade de expressão. Ontem, em solenidade de comemoração do Dia do Exército, Bolsonaro afirmou que a imprensa é essencial para que “a chama da democracia não se apague”. Disse também que espera que as pequenas diferenças fiquem para trás e que “precisamos de vocês cada vez mais, palavras, letras e imagens, que estejam perfeitamente emanadas com a verdade. Nós, juntos, trabalhando com esse objetivo, faremos um Brasil maior, grande, e reconhecido em todo o cenário mundial”. Que tais declarações sirvam de aviso para que seus seguidores parem com a campanha de demonização impetrada contra a imprensa nos últimos três meses. E principalmente, seus três filhos patetas Carlos, Eduardo e Flávio. Confirmada tal mudança, teríamos o que festejar do episódio nefasto gerado pelos ministros do STF, Dias Toffoli e Alexandre de Moraes.

É PARA RIR: BOLZONARISTAS CRITICAM LIBERAÇÃO DE ENTREVISTA COM LULA

Os mesmos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que até ontem criticavam a censura no caso da reportagem dos sites O Antagonista e Revista Crusoé, agora criticam o presidente do STF, Dias Toffoli, de liberar que dois jornalistas da Folha de São Paulo entrevistem o ex-presidente Lula, preso na Delegacia da Polícia Federal em Curitiba. O caso acima não se configura censura prévia, como a decisão do ministro Luiz Fux antes das eleições de proibir que Lula concedesse entrevista. Essa sim uma aberração e uma clara violação a um preceito constitucional. O que se vê é uma indignação seletiva ou puro desconhecimento da legislação brasileira.

SEGUNDO SITE, ÁGUA DE PARANAVAÍ TEM 27 AGROTÓXICOS

No momento em que Paranavaí convive com a polêmica sobre o decreto do prefeito Delegado KIQ que proíbe a Sanepar de cobrar o aumento na tarifa de água. Segundo o site portrasdoalimento.info, entre 2014 e 2017, foram detectados 27 agrotóxicos na água que abastece Paranavaí, sendo que 11 deles associados a doenças crônicas, defeitos congênitos e distúrbios endócrinos. Cabe ressaltar que o mesmo site informa que nenhum dos agrotóxicos encontrados estão acima dos limites brasileiros.

ENFERMEIRAS DE BRUMADINHO: PRESSÃO POR COMPROVANTE

As enfermeiras responsáveis pelas UBSs de Brumadinho têm sofrido as mais variadas formas de pressão para emitirem comprovantes de endereço com a finalidade de receberem os pagamentos emergenciais da Vale. Na maioria dos casos são pessoas que não moravam mais na cidade à época da tragédia, mas que teimam em conseguir o documento para faturar algum dinheiro. A mineradora deverá pagar um salário mínimo por adulto, meio salário mínimo por adolescente e um quarto de salário para cada criança, pelo período de um ano. Muitas vezes ameaçadas, as enfermeiras foram instruídas a chamarem a polícia e depois registrarem queixa caso sejam ameaçadas. Quatro pessoas já foram presas por tentativa de estelionato, incluindo um ex-candidata a deputada pelo Distrito Federal, que chegou a receber uma doação de R$ 56 mil da mineradora.